Quem Somos Nós:

O Coletivo de Educação Popular Jacuba se propõe a construir coletivamente e desenvolver um espaço de organização e participação comunitária com foco na transformação social ampla e emancipadora. Auxiliado por uma pedagogia com referencia no trabalhador, pretendemos propiciar um espaço educativo para o debate, a organização, a reflexão crítica e a luta política, que combata toda forma de exploração, opressão, dominação e alienação.

segunda-feira, 23 de junho de 2008


















Pioneiros da Catira e CIA de Reis Rosa dos Anjos

Domingo, 22/06, a partir das 11h, a Comunidade do Jardim Nossa de Fátima, em parceria com o Espaço Cultural Jacuba, entre a reza e a cantoria, teve a oportunidade de viajar no tempo e viver por algumas horas o modo como nossos antepassados expressavam as formas festivas e de louvores ao nascimento do Nosso Senhor Jesus Cristo. A Cia. de Santos Reis Rosa dos Anjos, com 18 integrantes, faz apresentações o ano todo onde for convidada.

Desde 1982, Hortolândia acompanha a trajetória de Mestre Chiquinho, responsável pela Companhia de Santos Reis Rosa dos Anjos . A tradição oral é a grande marca desta manifestação e privilegia a manutenção das formas originais do cantos, que remontam mais de 100 anos de tradição, passados de geração à geração. E ainda hoje, com o oferecimento das oficinas e o surgimento de novos grupos, outros cantos antigos têm sido resgatados e difundidos pelos grupos para que sejam preservados, entra em cena o pesquisador Chiquinho que reconstrói a memória de muitas histórias.
Rozana Gastaldi

A FOLIA DE REIS

"Era meia noite em ponto / Bateu asa e cantou o galo / Bateu asa e cantou o galo..." "Bateu asa e cantou o galo / Quando o Salvador nasceu / Quando o Salvador nasceu..." "Com a ordem dos três Reis / Vou parar meus instrumentos / Vou parar meus instrumentos...""Desejamos vida e saúde / Para todos da cidade / Para todos da cidade..."

Até há pouco, podia-se ouvir ao longe ou, com sorte, encontrar, vindo de bairro distante, um grupo especial de músicos e cantadores trajando fardamento colorido, entoando versos que anunciam o nascimento do menino Jesus e homenageiam os Reis Magos. Trata-se, naturalmente, da Folia de Reis que no período de 24 de dezembro a 6 de janeiro, dia de Reis, peregrina por ruas à procura de acolhida ou em direção a algum presépio. Com sanfona, reco-reco, caixa, pandeiro, chocalho, violão e outros instrumentos seguem os foliões pela noite adentro em longas caminhadas, levam a "bandeira" - estandarte de madeira ornado com motivos religiosos - a qual tributam especial respeito. Vão liderados por mestre e contra-mestre, figuras de relevância dentro da Folia por conhecerem os versos - são os puxadores do canto.Representando o mal, existe o palhaço de folia. Usa geralmente máscara confeccionada com pele de animal e vai sempre afastado um pouco da formação normal da Folia, nunca adiantando-se à "bandeira". Apesar de seu simbolismo é personagem alegre que dança e improvisa versos, criando momentos de grande descontração. Composta de homens simples, geralmente de origem rural, gente que conhece de perto as agruras da sobrevivência, os foliões dão exemplo grandioso através de sua cantoria de fé. Como Reis Magos fazem viagem de esperança, certos de encontrarem sua estrela. Deus abençoe estes reis-foliões sem súditos, mas de indiscutível realeza.

Rozana Gastaldi – coordenadora Ponto de Cultura ARTE POR TODA PARTE
Contato:
rozanagastaldi@gmail.com

CIA DE REIS ROSA DOS ANJOS







quarta-feira, 11 de junho de 2008

INSCRIÇÕES ABERTAS: PROJETO YOGA PARA TODOS!


























Yoga
O Yoga é essencialmente prático, uma arte milenar desenvolvida pare que cada ser humano possa reconhecer sua Real natureza. Hatha Yoga não é contorcionismo, é para todos, para nós, para mim, para você!
A pratica do Hatha Yoga, consiste não em apenas flexibilidade, mas também em postura mental harmoniosa. Será Yoga se for uma prática amorosa, atenta, voltada para o interior, respeitando os limites do corpo, permitindo que não só o físico avance na postura, mas, especialmente que o emocional avance em perdoar e amar, que o mental avance em sua lucidez e verdade, que o energético avance em fluidez e que , especialmente, a pretica jamais se distancie da compreesão da sua verdadeira natureza.


Na Yoga buscamos:


·Yama ou abstinência: Não violência, mentira, roubo, luxuria e ambição.


·Nyama ou observação: Pureza do coração e mente, alegria ou contentamento, pensamento constante voltado para a Divindade e austeridade.

·Ásanas ou posição correta: Posturas psicossomáticas, que tratam o homem de forma holística.

·Pranayama : Domínio do prana

·Pratyahara: Isolamento sensorial

·Dharana: Concentração

·Dhyana: Meditação

·Samadhi: Êxtase