Quem Somos Nós:

O Coletivo de Educação Popular Jacuba se propõe a construir coletivamente e desenvolver um espaço de organização e participação comunitária com foco na transformação social ampla e emancipadora. Auxiliado por uma pedagogia com referencia no trabalhador, pretendemos propiciar um espaço educativo para o debate, a organização, a reflexão crítica e a luta política, que combata toda forma de exploração, opressão, dominação e alienação.

domingo, 30 de maio de 2010

FOTOS DA PRIMEIRA FESTA DO CENTRO DE ARTE E CULTURA - 29 DE MAIO - PARTE I



Organização: Centro de Educação Popular Jacuba e Comissão provisória de organização da festa do Centro de Arte e Cultura/ Apoio: Secretaria de Cultura












































quinta-feira, 27 de maio de 2010

FESTA DO CENTRO DE ARTE E CULTURA DIA 29 DE MAIO


8h00 às 12h00 - AÇÃO DE GRAFFITI
14h00 às 17h00 - ENCONTRO DE BMX
17h00 às 18h00 - AULA DE FORRÓ PÉ-DE-SERRA
18h30 - PALCO LIVRE (participe!)
21h30 - ESPETÁCULO CADÊ VASSORINHA?

quarta-feira, 26 de maio de 2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

BOLETIM Nº 3 DO CENTRO DE EDUCAÇÃO POPULAR JACUBA

clique para aumentar:







quarta-feira, 19 de maio de 2010

BMX EM HORTOLÂNDIA


Um novo movimento se potencializa na comunidade com a construção do BMX Park no Parque Sócio-Ambiental Dorothy Stang. BMX (bicycle motox ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo no qual geralmente faz-se uso de rodas de 20 polegadas de diâmetro, a modalidade é definida como dirt jump e é praticada em rampas de terra, com alturas e distâncias variadas.
Desde abril o CEP Jacuba inicia esse projeto idealizado há mais de oito meses. Até o momento foram construídas duas rampas de terra com a colaboração financeira e a força de trabalho dos praticantes do esporte que residem nas regiões do Jardim Rosolem, Santa Esmeralda e Jardim Sumarezinho.
A proposta é que o BMX Park possua seis rampas, sendo elas duas mesas, dois doubles, uma spinning e um double para crianças.
Por ser um esporte radical é obrigatório o uso de equipamento de segurança, o principal deles é o capacete. Ainda em fase de construção o projeto vem aglomerando um grande número de praticantes e principalmente de iniciantes no esporte.
Para a construção de nosso BMX Park serão necessários 25 caminhões de terra, 180 m² de grama, uma placa de identificação, uma placa de instruções de uso, além de muito trabalho dos envolvidos com a construção e manutenção das rampas.

Fotos dia 19 de maio de 2010