Quem Somos Nós:

O Coletivo de Educação Popular Jacuba se propõe a construir coletivamente e desenvolver um espaço de organização e participação comunitária com foco na transformação social ampla e emancipadora. Auxiliado por uma pedagogia com referencia no trabalhador, pretendemos propiciar um espaço educativo para o debate, a organização, a reflexão crítica e a luta política, que combata toda forma de exploração, opressão, dominação e alienação.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

GOLPE NO PARAGUAI! QUANDO A BURGUESIA MOSTRA SUA CARA!

Há momentos em nossa atual história em que a verdade vem a “tona”.Na América Latina estes momentos são ainda mais intensos e frequentes, talvez por nossa proximidade, talvez pela fragilidade ou ainda pela grande contradição da realidade social de nossas nações.

É o caso do ocorrido com nossos irmãos paraguaios, onde a burguesia nacional e internacional, (incluindo nossos latifundiários brasiguaios) articularam e executaram mais um plano nefasto em prol de seus egoístas interesses. Afinal matar, pilhar, mentir e explorar é para eles algo muito “natural” e ainda propagam em sua ideologia que é da essência humana tal prática.

Mas, para executar tal plano, a classe dominante teve que abrir mão de um de seus princípios, a democracia. Ou seja, tiveram que “sair do armário” e mostrar o outro lado da democracia burguesa: a ditadura do capital. Isto mesmo, vivemos sobre uma ditadura com uma “capa” de democracia, e nos momentos em que esta democracia burguesa não dá conta dos interesses dos capitalistas, eles abrem mão da mesma e partem para outros meios como a violência contra os explorados e a imposição política de suas vontades, sim, serviço executado por seus mais exímios serviçais, políticos, juristas, burocratas, militares e outros.

“Democracia sim, somos a favor, mas desde que não seja contra a “ordem””, ordem se traduz na frase como seus particulares interesses, nada mais burguês.

Portanto, não podemos nos iludir, a democracia burguesa é um “jogo” onde se nós ameaçarmos ganhar o adversário com certeza vai trapacear.

No Paraguai, por trás deste plano, estão poderosas corporações empresariais ligadas ao agronegócio, fazendas que aplicam alta tecnologia e são organizadas como uma fábrica.

Os trabalhadores do campo e da cidade, tanto do Paraguai como da América Latina, não devem esperar a bondade prometida dos capitalistas. Devemos defender os nossos interesses com todas as armas, pois os nossos interesses são os interesses da maioria, são de todos os trabalhadores do Mundo.
Coletivo de Educação Popular Jacuba - junho 2012



terça-feira, 19 de junho de 2012

II FESTA JULINA DO CAC DIA 07 DE JULHO


Forró ao Vivo, Quitutes e Amig@s!!!
Venha a caráter e traga sua caneca!!!

Encontro da Comissão Organizadora do CAC - Organização da II Festa Julina - 02 de junho de 2012





fotos: Tino Moura

HORTA VERTICAL - Em maio de 2012

rabanetes

capuchinha


camomila

segunda-feira, 18 de junho de 2012

TEATRO NO CAC

arte-educador: Rodiney Ayres.


realização: Secretaria de Cultura de Hortolândia

terça-feira, 5 de junho de 2012